Cientificismo

Quando analisamos a religiosidade humana à luz da ciência, não nos podemos esquecer de um detalhe lógico essencial:

— a ciência (e as teorias científicas) dependem da racionalidade humana para poderem existir, o que implica o facto de não ser possível à ciência testar retrospectivamente a racionalidade humana da qual depende, a não ser através da racionalização ideológica que separa os símbolos da experiência humana.

Por isso, teses “científicas” como esta, para além de não serem racionalmente refutáveis à luz do princípio da falsificabilidade de Karl Popper, baseiam-se em ideologias racionalizadas, e não na Razão. Trata-se da “ciência” ao serviço de uma determinada religião política, isto é, de cientificismo.

Anúncios

Deixe um comentário

Filed under religiões políticas

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s